Seja Dizimista

Rádio Catedral

rdio

Litugia Diária

 

Facebook

O que é Oração dos Fiéis

Logo após nossa profissão de fé, a pessoa que preside a assembléia nos convida a elevar a Deus as nossas preces, nossos pedidos, nossas súplicas. Nossa voz se ergue não só para expressar pedidos individuais, mas a súplica de todo o Povo de Deus, de toda a humanidade, principalmente dos mais necessitados e sofridos.

As leituras bíblicas e a homilia projetaram uma nova luz sobre nossa vida e nossa realidade, confrontando-as com o projeto de Deus. O evangelho, a boa nova da salvação nos foi anunciado com o apelo amoroso de ajustarmos nossa vida à proposta de Jesus. e percebemos o quanto ainda nos falta para isso... Por isso pedimos, suplicamos, apresentando nossas necessidades, nossas angústias, nossa dor, nossos desejos. Mas, expressamos também a esperança e o clamor de tantas pessoas que confiam em Deus: doentes, crianças e idosos abandonados, mordores de rua, presos, desempregados, dependentes de drogas, pessoas angustiadas, solitárias.

Dirigimos nossas preces a Deus Pai em nome de Jesus. Uma pessoas faz uma prece e todos respondemos, assumindo esta preces como sendo a nossa prece comum; a prece individual torna-se comunitária, torna-se prece da comunidade: “Senhor, escutai a nossa prece!”. Na verdade, formamos com Jesus um só corpo, por isso nossas preces são o clamor, são a prece do próprio Cristo. Seu grito na cruz continua ecoando no grito de quem sofre. Ressuscitado, ele continua intercedendo continuamente junto do Pai por todos nós.

“Também o Espírito vem em auxílio de nossa fraqueza porque não sabemos pedir o que convém. O próprio Espírito suplica por nós com gemidos inefáveis; só ele sabe o que é preciso pedir, só ele conhece o coração de Deus”. (cf. Rm 8, 26-27)

Não se trata, poranto, de simplesmente ler as preces que vêm escritas em folhetos. Elas devem brotar do fundo de nosso coração tocado pela Palavra de Deus e movido pelo seu Espírito no momento da celebração. As preces que já vêm prontas no folheto ou no missal, podem nos ajudar, mas, não dispensam a oração que brota da comunidade celebrante.

É muito bom que a resposta às preces seja cantada. Isso ajuda muito a criar uma atitude e um clima mais profundo de oração.

É sobretudo, através das preces que a comunidade revela a intensidade com que a Palavra de Deus ecoou em seu coração.

Maria de Lourdes Zavarez
Serviço de Animação Litúrgica
Arquidiocese de Goiânia-Spar

Praça Dom Emanuel, s/n Setor Central – Goiânia-GO 74030-140
E-mail: contato@catedralgo.com.br
Telefone: (62) 3223-4581 / 3225-0339 Fax: (62) 3229-4115